terça-feira, 1 de junho de 2010

"Gosto de tudo no Brasil, menos de você", diz Jack Nicholson a Rafael Cortez, repórter do "CQC"


Jack Nicholson, Mark Wahlberg, David Letterman... Rafael Cortez, repórter do "CQC", conseguiu entrevistar boa parte da turma hollywoodiana que baixou no Indianapolis Motor Speedway, nesse domingo (30), para conferir a mais tradicional corrida da Fórmula Indy, as 500 Milhas de Indianápolis.

"David Letterman foi o mais simpático. Mark Walhberg, por exemplo, só me dizia 'no, no, no'", contou o jornalista por telefone dos Estados Unidos. Ele chega ao Brasil nesta terça (1) e já embarca para a África do Sul na quinta. O "CQC", aliás, acabou sendo liberado para cobrir a Copa pela CBF, que vetou o acesso de todos os programas humorísticos aos jogadores. "O Rodrigo Paiva (assessor de imprensa da CBF) reconheceu que nossas matérias tem uma pegada mais jornalística", explicou Rafael.

Sobre o bate-papo com o apresentador norte-americano, o repórter conta que perguntou a Letterman "o que ele sabia sobre a TV brasileira e ele me disse apenas que 'ela era preta e branca', rindo". Letterman também foi irônico quando o brasileiro quis saber se ele conhecia Jô Soares, "que tem um programa que é uma cópia, mas mais tosca, do dele". "O Letterman deu risada e falou um 'Boa noite, Boa tarde' cheio de sotaque".

Para chegar a Jack Nicholson, Rafa conseguiu burlar a segurança e entrou na área VIP do evento. Lá, falou com o ator sobre o Brasil - "gosto de tudo que tem lá, menos de você, que fica me perseguindo" - e sobre os três Oscars que Nicholson já ganhou - "Ainda não é o bastante", respondeu ele, que foi o responsável pela bandeirada verde da corrida. A matéria vai ao ar na noite desta segunda (31), pela Band.

Fonte: TV Canal 13

Um comentário:

Lina Silva disse...

O ator foi bem arrogante, vamo combinar.