segunda-feira, 9 de maio de 2011

Rafinha Bastos faz piada de mau gosto sobre estupro



Apresentador do CQC investe em comédia politicamente incorreta

O humorista e apresentador dos programas CQC (Band) e A Liga (Band), Rafinha Bastos, em seu show stand up, realizado na casa que abriu com o colega de programa Danilo Gentili, faz piadas com temas polêmicos como estupro, aborto, doenças e deficiência física.

- Toda mulher que eu vejo na rua reclamando que foi estuprada é feia... Tá reclamando do quê? Deveria dar graças a Deus. Isso pra você não foi um crime, e sim uma oportunidade. Homem que fez isso não merece cadeia, merece um abraço.

As informações são da revista Rolling Stone de maio, que traz uma reportagem sobre o apresentador.

A matéria destaca também que, durante sua apresentação, Rafinha fala sobre como cumprimentar gente que não tem os braços, o que dizer para uma mulher virgem com câncer, e por que, depois que teve um filho, passou a defender o aborto.

E ainda faz declarações bem sacanas em cima de gordos, carecas, deficientes, cidadãos de Rondônia, judeus, golfinhos e pagodeiros.

Mas, a polêmica está de alguma maneira dando notoriedade ao apresentador. Tanto que o jornal norte-americano The New York Times o cravou como o homem mais influente do mundo no Twitter.

Fonte: R7

Um comentário:

AS ÚLTIMAS DO CQC disse...

Mas olha quem publicou a nopta: R7, esse site não confio nem um pouco